Perseguição aos cristãos

Protesto contra o massacre de cristãos, no Egito (fonte: Portal Terra/Istoé Mundo)

Neste exato momento, mais de 200 milhões de cristãos sofrem intensa perseguição em todo o mundo[1]. Outros 250 milhões enfrentam declarada discriminação, sobretudo em países socialistas/comunistas ou governados por regimes islâmicos1. Cristãos estão sendo perseguidos e massacrados, torturados e mortos em países como Nigéria, Indonésia, Iraque, Sudão e outros. Para não abandonar a fé, veem-se obrigados a fugir da China, Egito, Índia, Afeganistão, Coreia do Norte, Etiópia, Uganda e pelo menos outros 50 países[1].

Em diversos pronunciamentos públicos, o Papa lamentou os episódios de violência e ações terroristas contra os cristãos, da parte de regimes que tentam impor uma religião majoritária ou que simplesmente rejeitam o cristianismo. Em alguns Estados da Índia, por exemplo, onde os cristãos são minoria, a Igreja dispõe de vocações sacerdotais; religiosos e religiosas empenham-se, trabalhando arduamente em obras educativas e assistenciais em favor dos mais pobres. Esse trabalho, porém, encontra a resistência e até a perseguição de certos grupos hinduístas radicais!

Outra forma de perseguição, mais sutil, acontece nos países mais desenvolvidos. Não se trata de perseguição violenta, mas, como disse o Papa, de um “escárnio cultural sistemático”, que ridiculariza as crenças religiosas cristãs e católicas. Uma freira que trabalha no Movimento Eucarístico Juvenil, no Canadá, testemunha que, em determinados ambientes, os jovens católicos são criticados e alvos da zombaria dos colegas. Na escola e na universidade, até mesmo professores ridicularizam a religião[2]. Nesse contexto, o jovem cristão é excluído, afrontado, desrespeitado.

Na Jornada Mundial da Juventude (JMJ) do ano passado, na Espanha, os jovens peregrinos católicos foram afrontados por movimentos de ateus ativistas. Houve tumulto e agressões da parte de manifestantes favoráveis ao Estado laico e contra a visita do Papa e a JMJ. Com o protesto, que contou com a presença de milhares de pessoas, a polícia precisou desalojar parte do centro da cidade. Voz da Igreja publicou artigo sobre o assunto, que pode ser lido aqui.

Em diversos países da Europa, como Itália e Espanha, movimentos ateístas radicais organizam-se contra a religião, especialmente contra a Igreja, com manifestações como a ocorrida na “Marcha dos Indignados” de 2011, quando igrejas foram invadidas e depredadas, e imagens cristãs foram estraçalhadas e pisoteadas em praça pública[2]. O crucifixo também é alvo desses grupos, que o entendem como “ofensivo” ao sentimento dos não cristãos e dos que não têm religião. Segundo estes, o Estado, por ser laico, deveria proibir toda manifestação religiosa externa ou pública. Confundem “laico” com “ateu”... Veja mais a respeito aqui.


(Fonte: Portal Terra/Istoé Mundo)


A perseguição contra os cristãos ocorre, principalmente, por dois motivos:

# Ideológico: é ocaso de países com governos socialistas/comunistas (como a China continental e o Vietnã);

# Religioso: nos países que professam uma religião oficial e temem que os cristãos queiram converter os cidadãos. É o caso dos governos islâmicos e de alguns Estados da Índia, dominados por hinduístas fundamentalistas.

O Secretário-geral do Apostolado da Oração na Indonésia nos conta que, naquele país, um cristão não pode ser funcionário público nem lecionar em uma universidade do Estado. Na Malásia, o governo chegou a proibir que “o Deus dos cristãos” fosse chamado de “Alá”, que significa Deus na língua árabe. Essas discriminações tornam terrível a vida dos cristãos nesses países. Na Indonésia, de 2004 a 2010, foram fechadas ou destruídas 2.442 Igrejas!

Há um ano, houve um ataque massivo contra igrejas em Temanggung (Java central). Em Bagdá, capital do Iraque, a catedral sírio-católica de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro foi atacada durante a celebração da Missa, causando a morte de dois sacerdotes e de mais de 50 fiéis. Os cristãos, nesses países, vivem amedrontados. Naquele país, cristãos são regularmente assassinados e sequestrados; igrejas são destruídas e centenas de milhares de cristãos são obrigados a fugir.

Cristãos estão sendo martirizados no mundo, mas poucos cidadãos das nações livres sabem disso. Mídia e governos poderiam falar mais sobre o assunto e atuar contra estes abusos, mas geralmente se recusam, por motivos políticos.

_______________
Fontes:
1. Instituto Humanitas Unisinos, por John L. Allen Jr., publicada no site National Catholic Reporter, em 13-01-2012 [http://www.ihu.unisinos.br/noticias/505846-cinco-mitos-sobre-a-perseguicao-anticrista]
2. Rádio Vaticana, em: http://www.radiovaticana.org/por/index.asp. acesso outubro 2011.

8 comentários:

  1. CINQUENTA CRISTÃOS SÃO QUEIMADOS VIVO EM CASA DE PASTOR NA NIGÉRIA.

    Manchete que li no blog "púlpito cristão" é de partir o coração, vivemos a mesma persiguição da igreja primitiva. Volta logo Senhor Jesus!

    ResponderExcluir
  2. NAZISTAS, FASCISTAS, SOCIALISTAS-COMUNISTAS: ESQUERDISTAS IGUAIZINHOS
    Não há diferenças entre os nazistas-fascistas com mais de 20 000 000 de mortos em curto período e socialistas-comunistas com muito mais de 100 000 000 de mortos e, se conferirmos os procedimentos com os de Hitler-Mussolini, concluiremos serem da mesma estirpe e métodos de ação esquerdistas; aliás, há também muitos elos entre o protestantismo e ambos regimes, e foram os Estados alemães protestantes mais populosos e com média de 47% que deram a vitória a Hitler.
    A fundamentação é a mesma: os acima situam-se sobre um adorado Estado, um deus todo poderoso, provedor de tudo e todas as regras, se dizendo "democrático e representante do povo", porém, é totalitarista, repressor, materialista e ateu, excluindo arbitrariamente os contestadores "em nome do povo", e como sempre fracassa, culpa os outros, jamais admitindo sua deficiência;.
    Difere-se contrariamente do outro Estado democrático, o de direita: que privilegia a livre iniciativa, as empresas privadas, as liberdades gerais etc, assim como a escolha dos representantes que, por má gestão ou fraude, podem destituir do cargo ocupado, o "impeachment"; idem, aprovam na íntegra o Direito Romano, concedendo poderes a cidadãos prejudicados pelo Estado a exigir ressarcimento.
    Quanto à imprensa, menina dos olhos dos nazi-fasci-social-comunistas é controlada, veiculando apenas notícias ideologizadas, de interesse governamental, sob critérios do adapta-se ao regime ou é cassada; detestam a imprensa livre e esforçam-se a todo custo por aprovar leis coibindo-a ou cassando.
    As famílias, devido à repressão do pátrio poder ao ensino familiar e religioso, reduzem-nas praticamente a "granjas" de reprodução de seres humanos para o Estado, em escolas onde doutrinam as crianças desde a tenra idade na cartilha materialista e ateia as gerações de novos fantoches anti-cristãos, favoráveis a aborto, uniões gays, glbts, kit gays, ideologia do gênero, etc.; privilegiam sobremodo o desporto para se moldarem seres de qualidade superior em benefício do Estado; permitem-se todas as religiões não interferentes na ideologia do sistema, como as relativistas: as TJs, seitas e as ocultistas; porém, incluindo-se membros e hierarquia, a doutrina e instituição extremamente odiadas e combatidas sem trégua são da Igreja Católica.
    E mais: privilegiam o coletivismo, em detrimento do individualismo e da livre iniciativa, daí a estatização de empresas ou então um rígido controle sobre seus lucros; a reforma agrária se mantém quase nos mesmos moldes, com expropriação de terras quando necessário for, a critério do Estado e tudo o mais atinente a hermético totalitarismo.
    Os nazi-fasci-social-comunistas usam a todos instante jargões populistas, sabem encenar, fazem-se de vítimas, para eles "mentir" é virtude e "todos os meios justificam os fins."
    O S Papa Bento XVI em ida à Alemanha, cidade de Erfurt, nomeou-os de "chuvas ácidas", ao socialismo-comunismo de "peste vermelha" e ao nazismo-fascismo de "peste negra" ; incluem-se nos termos condenatórios: membros, colaboradores, simpatizantes e particularmente eleitores e, se católicos, excluem-se automaticamente da Igreja por grave apostasia, pois quem os elege é considerado membro dos citados.

    ResponderExcluir
  3. Chacina na Nigéria: novo ataque mata membros da igreja pentecostal. Atiradores mataram 16 quando abriram fogo contra pessoas que estavam em uma igreja cristã pentecostal no Estado central de Kogi.

    ResponderExcluir
  4. Dezenas de cristãos são cricificados em árvores no Egito. Oremos por eles!

    ResponderExcluir

  5. Vejam a carta de Fidel Castro para Chavez, e a Lula.
    Veja abaixo, pela curiosidade. Transcrição exata da tradução para o português do documento enviado por Fidel Castro ao Presidente Hugo Cháves, da Venezuela, o qual esquematiza em linhas gerais as três etapas a seguir (a primeira já cumprida, a segunda em vias de), a fim de implantar de vez um regime comunista na Venezuela.
    PRIMEIRA ETAPA. Os pobres são maioria e têm pouca memória. Injeta-lhes esperança e acusa o passado, à Democracia de todos os seus males. Mantém-te em linha permanente com teu povo. Identifica-te com eles. Teu verbo tem de ser simples; isso lhes chega muito bem, pois tens o tempero que faz falta . Emociona-os, leva-os em consideração. Aprende a manipular a ignorância . O verbo deve ser inflamado, de autoridade e poder; não te preocupes com os ricos e a classe média, [pois] não são mais que 80% de pobres o que tu necessitas . Os ricos saem correndo se lhes fazes "Buu!!!"
    Os católicos adoram menções da Bíblia ou de Cristo. Os católicos, em que pese ser a grande maioria na Venezuela, não fazem nada. Rezar, sem ações, não vão chegar a parte alguma; são uns bobalhões. Enquanto a igreja está adormecida, aproveita. Quando decidirem mover-se, já estarás instalado. Lembra que a igreja é "escorregadia". Segue fustigando.
    Os católicos sem liderança não são ninguém. Nenhum padreco vai reagir. Há dois ou três que querem rebelar-se, porém seus superiores os encurralam. Se vês um sacerdote católico alvoroçado, compra-o, chama-o, ganha-o para ti; se o povo cristão se te rebela, esse será teu último dia... porém, dificilmente esse dia virá. Os judeus na Venezuela não contam, os Evangélicos são uns pobres coitados e as demais religiões para que nomeá-las? Cita o Cristo, sempre, fala em seu nome, lembra que isto a mim me deu excelentes resultados.
    Inclui bandeiras e Simón Bolívar quando possas. Gera um novo nacionalismo. Desperta o ódio, divide os venezuelanos.
    Esta etapa te dará bons dividendos... Se eliminarão uns aos outros, a violência te ajudará também a instalar-te mais tarde à força. Entretanto, fale-lhes de Democracia . Tens dinheiro, compra a fidelidade enquanto cumpres os teus objetivos. Quando consegues o que queres se se opõem ou te aconselham, despreza-os. Envia-os a embaixadas, dálhes dinheiro para que se calem ou tira-os do país para que a imprensa não os utilize. Os que se oponham "planta-lhes" delitos; isso desqualifica para sempre. Por todos os meios mantém maioria na Assembléia . Mantém a teu lado no mínimo a Procuradoria e o Tribunal. Compre todos os militares com comando de tropa e equipamentos . Põe-os onde há bastante dinheiro. Compra banqueiros. Grandes comerciantes e construtores . Dá-lhes contratos, trabalhos e facilidades para esta primeira etapa.
    A continuação abaixo:

    .

    ResponderExcluir


  6. Cont. anterior
    SEGUNDA ETAPA. Para a segunda etapa tens que haver formado Comitês de Defesa da Revolução que os podes chamar de "Bolivarianos". Faz trabalho comunitário com eles para que te defendam agradecidos. Paga-lhes para que sigam teus alinhamentos (marchas, concentrações). Dos comitês seleciona os mais agressivos para uma força de choque armada que podem necessitar se a coisa se põe difícil. Controla a Polícia, destrói-a. Ponha-na à tua disposição. Na segunda etapa tens que aprofundar a visão da Revolução. Deve-se mencionar muito a palavra revolução. Isto emociona os pobres.
    Aqui tens que fraturar as uniões de trabalhadores e de empresários que podem fazer oposição. Aqui temos que
    conseguir com que os trabalhadores estejam filiados a uma central paralela. Com dinheiro se consegue. Do mesmo modo, tens que armar uma central de empresários paralela. Ataca os empresários. Acusa-os de famintos, fascistas e particularmente acusa-os de golpistas; faz-te de fraco.
    A mente dos homens se situa no mais fraco e na injustiça. Se não o podes comprá-los, fecha os meios de comunicação radial, imprenssa e televisões. Tua empresa de petróleo é quem te produz o dinheiro do projeto. Põe uma Junta Diretora Revolucionária. Demite os técnicos e acaba com essa chamada meritocracia.

    TERCEIRA ETAPA. Se tens tudo nesta etapa podes seguir para a terceira. Na terceira etapa podes violar a Constituição porque ninguém vai te impedir. Ordena invasões. Distribui armas, drogas e dinheiro. Acusa-os de espiões e corruptos.
    Desprestigia-os. Prende muitos jornalistas, empresários, líderes trabalhistas . Os demais escaparão do país ou serão punidos.
    Reestrutura o Gabinete. Aqui podes desfazer-te de teus colaboradores. A alguns podes premiá-los e outros desprezálos pois já não há oposição. Tens que pôr camaradas. Estabelece o chamado constitucionalmente . Estado de Exceção; Suspende garantias. Lança o toque de recolher. Apura-te, olha se o povo te está achando excelente. Fecha todos os meios de comunicação. Destrói Prefeitos e Governadores da oposição.
    Anuncia a reestruturação de todas as áreas do Estado e a elaboração de uma nova Constituição. Forma um Conselho de Governo com 500 membros. No Conselho Assessor do Governo estarei eu. Há que fuzilar os opositores que não aprendem. Isso é a única coisa que os silencia e é mais econômico.
    Nunca deixes que se organizem, nem deixes que conheçam tuas intenções. Seremos respeitados novamente com o Marxismo-Leninismo. Brasil, Equador, Venezuela e Cuba a passos indestrutíveis. Se vejo que não tens boas colheitas, recolho todo o meu pessoal; podem me matar os militares, mas não desisto! Somos da pesada!

    ResponderExcluir
  7. Em Eritreia, 3.000 cristãos estão presos. No Vietnã 63 líderes cristãos estão presos.

    http://www.ezequiel-domingues.blogspot.com.br/

    https://pt-br.facebook.com/ezequiel.dominguesdossantos.7

    https://plus.google.com/u/0/114299736915584515520/about

    https://twitter.com/Ds83Ezequiel

    http://www.youtube.com/user/Ezequiel0ful/videos?view=0&flow=grid


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leonardo S. de Oliveira.13 de outubro de 2013 11:57

      E nossas autoridades eclesiásticas fingem que o mundo é lindo, belo e proferem o discurso demagogo de "amar uns aos outros" em vez de condenar essas covardias contra os cristãos.
      No Ocidente todas as religiões (mesmo as falsas)são respeitadas e toleradas, enquanto em países que não tem uma raiz católica persegue, prende, tortura e mata os cristãos.
      Pior que o ímpio é o cristão que dissimula.
      In Corde Jesu, semper.

      Excluir

Por favor, identifique-se com seu nome ou um apelido (nickname) ao deixar sua mensagem. Na caixa "Comentar como", logo abaixo da caixa de comentários, você pode usar a opção "Nome/URL". O campo "URL" não precisa ser preenchido.

** Seu comentário poderá ser publicado em forma de post, a critério dos autores do blog Fiel Católico.

*** Comentários que contenham ataques e/ou ofensas pessoais não serão publicados. Nossa proposta é basicamente a catequese e a apologética: apresentar a Sã Doutrina, defender a Fé. Debates são esperados e bem-vindos, desde que se discutam ideias e não pessoas. Demonstrar sim, combater sim, discordar sim, condenar erros sim. Julgar pessoas não.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.